top of page
Mão de criança e tronco de árvore

Blog

Textos e notícias pedagógicas

Parlenda recebe certificação do Learning By Languages

A escola é a primeira do Brasil a conquistar o selo da metodologia adotada com base na experiência pedagógica de Reggio Emilia

Com uma década de dedicação, além de muito estudo e pesquisa para levar um modo de ensino inovador até as crianças de Curitiba, a Escola Parlenda acaba de ser a primeira instituição brasileira a receber o selo internacional Learning by Languages. A abordagem adotada com base na experiência pedagógica de Reggio Emilia, na Itália, e que é uma referência mundial na área da educação infantil, tem como proposta a aprendizagem por meio de múltiplas linguagens, em um ambiente educativo enriquecido de oportunidades para a criança conhecer, explorar e expressar suas interpretações do mundo.


O certificado Learning by Languages foi oficialmente entregue para a direção da Escola Parlenda no dia 30 de novembro, pela equipe diretiva da Coopselios, a cooperativa responsável pela implementação do método e gerenciamento de mais de 60 escolas de educação infantil ao redor de toda a Itália. A chancela abre um caminho inédito e promissor para uma forma mais eficiente e menos engessada de educar na primeira infância, fase fundamental da formação, avalia a pedagoga e diretora-geral da Escola Parlenda, Sônia Sillas.

“Essa proposta pedagógica começou em Reggio Emilia após a segunda guerra mundial. É uma educação contemporânea, que acolhe as crianças nas múltiplas linguagens e dialoga com as mais atualizadas pesquisas científicas. As escolas do mundo inteiro estão se voltando para essa abordagem, que apareceu no Brasil nos anos 2000, quando começou esse movimento por aqui”, afirma a pedagoga especialista em educação infantil.




A creditação também reconhece a Escola Parlenda como a única instituição de educação infantil reconhecidamente capaz de formar outros pedagogos de acordo com esse método. “Este é um ganho extraordinário para a cidade de Curitiba, para o Paraná, e para o Brasil, porque a Escola Parlenda pode, a partir de agora, formar outras escolas. Temos recebido instituições do Brasil todo para conhecer nosso trabalho”, explica Sônia.

A Escola Parlenda atende cerca de 200 famílias com crianças entre 0 e 6 anos de idade. Foi fundada em 2014, inicialmente de forma autônoma, inspirada na abordagem criada pelo pedagogo italiano Loris Malaguzzi. Foram muitos anos de estudos, pesquisas e idas à Itália, para alcançar esta conquista. Não faltaram parcerias com as Universidades durante este processo.

Loris Malaguzzi defendia que o aprendizado acontece por meio das relações, assim ao brincar com a terra, interagir com a tecnologia ou desenhar, as crianças constroem conhecimento. O espaço da Escola Parlenda é constituído de uma grande área verde, vários ateliês, refeitórios e salas configuradas em microambientes.

“As crianças têm muitas linguagens, então a gente rompe com as disciplinas de matemática, português, inglês, da forma como são tradicionalmente ensinadas. Elas percebem tudo isso de forma integrada, porque o conhecimento e os modos de aprender são complexos e interrelacionados. Então, no ateliê, por exemplo, a criança pinta, desenha, modela e nesse processo constrói relações entre os diversos campos do saber”, explica a Diretora Ivanir Dedecek.

“Nossa proposta fortalece a criança e vai muito além de um preparo para o futuro. Queremos crianças fortes, que saibam se posicionar, falar o que estão sentindo, expressar suas ideias e enfrentar desafios, inclusive o de ir para o ensino fundamental, mesmo que tradicional. É preciso coragem para inovar em educação”, relata Sônia.


Da reconstrução ao reconhecimento

A abordagem conhecida como Reggio Emilia nasceu após o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, em meio a um gesto de superação de uma população. A região foi devastada e, tijolo a tijolo, a cidade italiana foi reconstruída por mulheres que voltaram para suas casas com suas crianças e a maioria sem os maridos, mortos durante a batalha. Ao tomar conhecimento da construção de uma escola para as crianças da cidade, o jovem pedagogo Loris Malaguzzi se dirigiu até Reggio Emilia e, junto com a comunidade, assumiu a escola adotando seu método inovador.



Corpo docente parlenda com a placa de certificação Learning by Languages
Equpe pedagógica

Posts recentes

Ver tudo

O tempo

Comments


Commenting has been turned off.
  • WhatsApp Parlenda
bottom of page